Concurso Banco Central 2017/2018: edital tem solicitação para 990 vagas.

12
331

É grande a expectativa de abertura do concurso do BACEN (Concurso Banco Central 2017/2018). No último dia 31 de julho, o órgão recebeu quatro novos andamentos no Ministério do Planejamento. Agora, o pedido está sendo analisado na Coordenação-Geral de Modernização de Cargos e Carreiras/DESEN. A expectativa é que o processo avance até a portaria de autorização, já que a autarquia enfrenta um grave déficit de servidores.

De acordo com o presidente do Sindicato Nacional dos Funcionários do Bacen (Sinal), Jordan Alisson, em reunião realizada no Ministério do Planejamento, no último dia 30 de agosto, o secretário de Gestão de Pessoas da pasta, Augusto Akira Chiba, afirmou que o governo deverá atender a 20{799fbc6e8c7ca856e38b719a668322e599d537511adf899a592fcf65a978f476} dos pedidos de concursos realizados. No entanto, não foi citado qual órgão seria atendido. Mais de 30 concursos foram solicitados ao Planejamento e são aguardados para 2018.

Do quantitativo de vagas, 150 são destinadas ao cargo de técnico e 800 para analista. O restante das vagas, 40, foram reservadas ao cargo de procurador.

Pedido de autorização foi publicado no Ministério do Planejamento

O Chefe do Departamento de Gestão de Pessoas do banco, Marcelo Cota, já havia informado que a efetivação do pedido está nos planos do banco, já que a defasagem de servidores é muito alta. De acordo com o novo presidente do Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco (Sinal), Jordan Alisson, a realização do concurso continuará sendo uma das questões prioritárias do Sindicato. “A defasagem de servidores está muito grande. A gente vai continuar atuando tanto internamente, junto ao banco, para que seja feito um novo pedido de concurso ao Ministério do Planejamento, quanto no âmbito do Congresso Nacional e do poder Executivo, para que esse pedido seja autorizado”, disse Jordan.

Os concurseiros que já estudam e pretendem realizar o certame receberam um ótimo incentivo. Acontece que o reajuste salarial dos servidores do órgão já passou a vigorar no início deste ano. De acordo com a Lei 13.327/16, os salários iniciais para técnico, requisito de nível médio, passarão para R$6.882,57. Já para analista, que tem exigência de nível superior, os ganhos vão chegar a R$17.391,64, já considerando o auxílio-alimentação no valor de R$458. Por fim, os ganhos de Procurador, que exige nível superior em Direito, passaram para R$19.655,67. Anteriormente os salários chegavam a R$6.150,36 para Técnico, R$15.461,70 para Analista e R$17.788,33 para Procurador.

O Concurso Banco Central BACEN 2017/2018

Com o pedido enviado, o edital de concurso do Banco Central 2017 depende apenas do aval do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG).

Concurso é urgente – O Banco Central conta hoje com um déficit de mais de 2.500 servidores, o que corresponde uma carência atual de nada menos que 39,45{799fbc6e8c7ca856e38b719a668322e599d537511adf899a592fcf65a978f476} do quadro previsto em lei, que é de 6.470 servidores. O banco conta hoje com apenas 3.917 servidores em atividade, entre os cargos do quadro pessoal do banco (técnico, analista e procurador). O antigo presidente do Sindicato, Daro Piffer, já havia alertado para a desestruturação dos órgãos de regulação do país, caso do Banco Central. “Esses órgãos sofrem há anos com a alta defasagem em seus quadros. O governo nos tem deixado de lado e beneficiado apenas setores de arrecadação”, criticou na época.

Requisitos do Concurso Banco Central 2017/2018

  • Técnico (nível médio): etapa única, podendo haver prova de aptidão física e avaliação psicológica, dependendo do cargo pretendido;
  • Analista (nível superior em qualquer área): 2 etapas de caráter eliminatório, compreendendo exame de conhecimentos específicos e curso de formação; e
  • Procurador (nível superior em Direito): será observada a legislação específica e a forma estabelecida em ato do Advogado-Geral da União.

Salários

Com o reajuste salarial, os Técnicos passarão a receber R$6.882,57, enquanto os Analistas receberão R$17.391,64. Já para Procurador, os salários chegarão a R$19.655,67.

Veja também: Concursos Federais – Michel Temer sanciona lei que prevê 83.061 vagas para 2017!

Atribuições

Analista do Banco Central do Brasil: formulação, execução, acompanhamento e controle de planos, programas e projetos relativos a: a) gestão das reservas internacionais; b) políticas monetária, cambial e creditícia; c) emissão de moeda e papel-moeda; d) gestão de instituições financeiras sob regimes especiais; e) desenvolvimento organizacional; e f) gestão da informação e do conhecimento. II – gestão do sistema de metas para a inflação, do sistema de pagamentos brasileiro e dos serviços do meio circulante. III – monitoramento do passivo externo e a proposição das intervenções necessárias, entre outras tarefas;

Técnico do Banco Central do Brasil:  I – desenvolvimento de atividades técnicas e administrativas complementares às atribuições dos Analistas e Procuradores do Banco Central do Brasil. II – apoio técnico-administrativo aos Analistas e Procuradores do Banco Central do Brasil no que se refere ao desenvolvimento de suas atividades. III – execução de atividades de suporte e apoio técnico necessárias ao cumprimento das competências do Banco Central do Brasil que, por envolverem sigilo e segurança do Sistema Financeiro, não possam ser terceirizadas, em particular às pertinentes às áreas de: a) tecnologia e segurança da informação voltadas ao desenvolvimento, à prospecção, à avaliação e a internalização de novas tecnologias e metodologias; entre outras atribuições.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here